Voltar para o topo | Ir para o Rodapé

Metallica

Metallica

Nos anos 80, o Metallica foi responsável por uma revolução no heavy metal ao incorporar a rapidez e a agressividade do hardcore, criando o chamado speed ou thrash metal. Considerada a melhor e mais influente banda do gênero na época, revelou toda uma cena que sobrevivia no underground. Com isso, tornou-se um dos raros grupos de heavy metal a ser respeitados pela crítica não-segmentada. No início da década de 90, a sonoridade do Metallica foi migrando para um rock pesado mais convencional e o grupo virou um campeão das turnês em estádios. Antes tidos como rebeldes, os integrantes tomaram posições consideradas conservadoras, como a ação judicial contra o Napster, programa gratuito de troca de MP3.

Formado por James Hetfield (vocal/guitarra), Dave Mustaine (guitarra solo), Cliff Burton (baixo) e Lars Ulrich (bateria) em 1981 na cidade de Los Angeles (LA). Quando lançaram o primeiro disco, Kill'em All (1983), já com Kirk Hammet no lugar de Mustaine (que formaria o Megadeth), revolucionaram a cena de heavy metal com composições criativas, riffs poderosos, solos habilidosos e, principalmente, vigor e espontaneidade como só se ouvia no melhor do punk rock. Destacava-se também a performance inovadora de Burton. O EP Ride the Lightning (1984) confirmou o grupo como o mais importante do gênero, influenciando centenas de bandas pelos Estados Unidos. A faixa "Fade to Black" se tornou um dos mais marcantes hits do Metallica. O trabalho seguinte, Master of Puppets (86), foi abalado pela morte de Burton num acidente com o ônibus da banda durante a turnê européia. Contudo, o disco foi aclamado como inovador, um aprimoramento das composições de Kill 'Em All. Jason Newsted, fã da banda, foi escolhido como o novo baixista e, dois anos depois, saiu ...And Justice for All (1988), que marcaria profundas mudanças na trajetória do Metallica. Com longas composições, o disco gerou o primeiro clipe do quarteto, "One", que apesar de se tornar um dos mais pedidos da programação da MTV americana, trouxe acusações de "vendidos". O rumo a um som mais acessível se confirmou em Metallica (1991), que ultrapassou 1 milhão de cópias vendidas. Finalmente o grupo tinhas seus hits - "Enter Sandman" e "The Unforgiven" - tocados exaustivamente nas rádios. O Metallica se tornou mainstream, "traindo" os headbangers mais fanáticos. Load, de 1996, também chegou ao primeiro posto da parada americana e marcou a mudança no visual da banda, que abandonou os cabelos compridos e adotou um estilo ligado ao rock alternativo ? não à toa, foram a atração principal do sexto Lollapalooza. Reload (1997) aproveitou sobras do álbum anterior, incluindo "The Unforgiven II". O duplo Garage Inc. (1998) reeditou o raro EP de covers Garage Days Re-Revisited (1987), com novas versões, como "Whiskey in the Jar" e "Sabbra Cadabra". A popularidade se confirmou com S&M (1999), gravado ao vivo com a orquestra sinfônica de São Francisco, mas revelou a falta de novas composições ? o último inédito havia sido Load. O ano de 2000 foi praticamente todo dedicado a processar o Napster, programa que acusavam de violar os direitos autorais, o que arranhou a imagem da banda junto ao público adolescente, o maior usuários do software. No início de 2001, Jason Newsted saiu da banda alegando "motivos pessoais" e o Metallica anunciou o início das gravações do novo disco em junho. Porém, em agosto, todas as atividades foram suspensas para que James Hetfield iniciasse um tratamento contra o alcoolismo.

Obras do Artista

Resultado(s) 21 - 40 de 40

Resultado(s) 21 - 40 de 40

Voltar para o topo | Voltar para o conteúdo