Cervejaria do Sub

Surgiu entre os anos 4.000 a.C. e 8.000 a.C. Uma das formas de pagamento nas construções de pirâmides do Egito era em cerveja. Com a Revolução Industrial o hábito de consumir cerveja se espalhou. Existem várias família, estilos e bares por todo mundo!

Ingredientes da cerveja

Água: representa cerca de 90% da cerveja

H2O

O poeta já dizia que "cachaça não é água não". Sábias palavras, mas, no caso da cerveja, o líquido representa quase que 90% dos ingredientes. Mas vai com calma! Os outros 10% são muito importantes e moderação cai sempre bem na hora de beber!
Cereais: milho, arroz, aveia, ceteio

Malte

Nem sempre a famosa cevada é o cereal usado pra fazer a cerveja. Existem outras opções de ingredientes. Alguns deles, inclusive, estamos acostumados a ingerir no dia a dia, como o milho e o arroz, por exemplo. Os maltes são responsáveis por alterar aroma, cor e sabor da sua bebida!
Levedura: micro-organismos usados na fermentação da cerveja

Levedura

São fungos que se alimentam dos açúcares liberados pelos cereais. Calma, Sublover! Não precisa pensar "ah, então eu bebo fungos?", pois isso é normal. As leveduras são responsáveis pela liberação de água e gás carbônico e fermentação da bebida.
Lúpulo: é uma planta que produz sabores e aromas

Lúpulo

É uma planta trepadeira, que dá a intensidade do sabor amargo da sua bebida. Muitos consideram como o "tempero da cerveja". Sobrou cerveja do churrasco e só vai beber alguns meses depois? Agradeça ao lúpulo, que também ajuda na conservação e aumento da validade da bebida.

Famílias da cerveja

Lembra das leveduras que a gente já explicou? Existem diferentes tipos de micro-organismos e, consequentemente, também há distinção nos tipos de fermentação. Por causa disso, existem três grandes famílias de cerveja: Lambic, Lager e Ale. Vamos conhecer melhor cada uma?
Lambic, a primeira família cervejeira

Lambic

É a família de cerveja mais antiga do mundo, originada na cidade de Lembeek, na Bélgica. De fermentação espontânea, apresenta opções de cervejas com um sabor ácido e selvagem. Tem coragem de encarar?
Lager, as cervejas de baixa fermentação

Lager

São as mais tradicionais no Brasil. De sabor leve e refrescante, são originadas por leveduras de baixa fermentação. As lagers costumam possuir teor alcoólico baixo ou moderado.
Ale, pra quem curte um sabor frutado

Ale

Curte algo diferentão? Então aqui você encontra ótimas opções. As cervejas Ale são de alta fermentação e possuem diferentes toques de aromas e sabores, como frutas ou frutas secas.
Tipos de cervejas: witbier, pilsen, ipa, blonde ale, belgian triple, amber ale, block, dunkle, poter, stout
x
É uma cerveja ale, que surgiu na Bélgica, feita a base trigo e cascas de laranja. Costuma se apresentar num um amarelo forte. O sabor é leve, já que não mantém a acidez da casca da laranja. Por ser cítrica, você pode harmonizar com alimentos típicos do verão, como um camarão empanado ou bolinho de bacalhau. Comida japonesa também é um ótimo acompanhamento pras witibiers!
É Prime? Vem que tem cervejas com frete grátis pra você aqui!

Tipos de copos de cerveja

Pilsner

Pilsner

Muita gente chama de tulipa no Brasil, mas não é. O formato estreito com boca larga ajuda na apreciação das bolhas da cerveja. É o tipo de copo ideal pra tomar uma Pilsen, uma Bock ou uma Blonde Ale.
Lager

Lager

Tá a fim de um chope? Então essa é uma ótima pedida. O copo tem uma leve curva que deixa o colarinho marcado de forma bastante convidativa. Pode levar sem medo!
Caldereta

Caldereta

Em muitas choperias brasileiras, é nele que sua bebida vem servida. Outras harmonizações boas são American Ales e IPAs. É uma ótima opção pra se ter em casa. Curiosidade: esse tipo também é chamado de Shaker.
Pint

Pint

Quer dar um toque de um pub irlandês na sua casa? Então esse é o copo perfeito, preparado pra receber grande quantidade de cerveja. Dica: uma Pale Ale e uma Stout ficam ótimos nele!
Weizen

Weizen

Esse é perfeito pra quem vai tomar uma cerveja à base de trigo. O tamanho pode assustar, mas o copo é feito assim pois esse tipo de bebida deve ser servida da garrafa de uma vez. Sabia dessa? Leva uma Weissbier e aproveita com moderação!
Tulipa

Tulipa

É o modelo mais popular no país e é conhecido como tulipa erradamente, mas agora já é tarde demais. O modelo é perfeito pra servir chopes e pilsen. Mas vale você saber: fora daqui, tulipa é um copo mais arredondado e de origem belga!
Bota

Bota

Esse copo é mais decorativo, porque, se você não souber aplicar uma técnica bem apurada, vai derramar cerveja na hora de beber. O motivo? Uma bolha formada na ponta do copo quando ele é inclinado. Quer tentar?
Caneca

Caneca

Clássico dos pubs, as canecas possuem um pegador lateral que facilita na hora de beber e brindar. Possuem vários modelos, formatos e tamanhos. Vem escolher o seu!

Dicas bônus

Tá de dieta? Vem nessas opções!

Cervejas pra não fugir da dieta

Cervejas fazem você ganhar peso, mas você pode minimizar esse impacto. A dica é tomar, com muita moderação, cervejas de puro malte. Elas têm apenas o malte da cevada como fonte de açúcares e não utilizam cereais não maltados, como arroz e milho, que atrapalham sua dieta. Além disso, também existem opções com poucas calorias. Vem escolher!
Nível hard de cervejeiro. Vem produzir do seu gosto!

Quer ser cervejeiro?

Se você é do time que produz sua própria cerveja artesanal ou quer começar a produzir, a gente tem alguns equipamentos que vão te ajudar. Preparado? Vem ver!