Livro - A Mulher na Janela

A. J. Finn
Leia a sinopse
(Cód.133148025)

Veja todas as lojas com esse produto a partir de R$ 31,52

vendido e entregue por Sintomática

R$ 31,92

  • R$ 31,92 com Ame e receba R$ 4,79 (15% de volta) saiba mais

  • R$ 30,96 no boleto bancário (3% de desconto)

calculando frete e prazo

Avaliações

4.7
(3)
100%100%dos clientes recomendam este produto
Ícone abrir/fechar
  • Perfeito

    13/08/2018
    É um ótimo livro, tu entra na história e não quer parar de ler, muito viciante e bem escrito.
    Samantha
  • ótima leitura

    19/07/2018
    A personagem principal, Anna Fox, sofre de agorafobia e passa seu tempo vendo filmes antigos, jogando xadrez, bebendo muito e espionando os vizinhos pela janela. Numa noite, ela acredita ter visto um crime do outro lado da rua, no entanto a polícia não encontra nenhum indício de que ele tenha ocorrido e a suposta vítima aparece viva. Tais circunstâncias e o fato de Anna beber muito, e tomar remédios, tornam pouco crível que o crime realmente tenha ocorrido. Contudo, ela tem certeza do que viu e tenta de todas as formas provar que não está alucinando. Paralelamente a esta situação, o autor, aos poucos, nos revela as razões que levaram Anna a desenvolver sua síndrome. A leitura é instigante e prende o leitor do início ao fim.
    Rafael
  • Muito bom

    21/06/2018
    Enredo que te prende do inicio ao fim e um final surpreendente
    larissa
Voltar

Avaliações

4.7
(3)
100%100%dos clientes recomendam este produto
Ícone abrir/fechar
  • Perfeito

    13/08/2018
    É um ótimo livro, tu entra na história e não quer parar de ler, muito viciante e bem escrito.
    Samantha
  • ótima leitura

    19/07/2018
    A personagem principal, Anna Fox, sofre de agorafobia e passa seu tempo vendo filmes antigos, jogando xadrez, bebendo muito e espionando os vizinhos pela janela. Numa noite, ela acredita ter visto um crime do outro lado da rua, no entanto a polícia não encontra nenhum indício de que ele tenha ocorrido e a suposta vítima aparece viva. Tais circunstâncias e o fato de Anna beber muito, e tomar remédios, tornam pouco crível que o crime realmente tenha ocorrido. Contudo, ela tem certeza do que viu e tenta de todas as formas provar que não está alucinando. Paralelamente a esta situação, o autor, aos poucos, nos revela as razões que levaram Anna a desenvolver sua síndrome. A leitura é instigante e prende o leitor do início ao fim.
    Rafael
  • Muito bom

    21/06/2018
    Enredo que te prende do inicio ao fim e um final surpreendente
    larissa